MÉTODO ROPA OU FERTILIZAÇÃO RECÍPROCA

MÉTODO ROPA OU FERTILIZAÇÃO RECÍPROCA

Em que consiste

Método utilizado em casais de mulheres, no qual podem ser aplicadas as técnicas de inseminação intrauterina (IIU) com espermatozoides de dador, fertilização in vitro (FIV) com ovócitos das beneficiárias, FIV com recurso a doação de ovócitos e de espermatozoides ou maternidade partilhada, onde os óvulos de uma das mulheres são utilizados na IIU ou FIV mas quem irá receber o embrião e carregar o bebé será a parceira.

Procedimento

São muitas as opções à disposição da medicina reprodutiva. De acordo com o diagnóstico e histórico de cada um, é possível escolher a melhor opção que poderá ser aplicada isoladamente ou em associação com outros tratamentos para aumentar as chances efetivas de se conseguir a gravidez.

Dessa maneira, é importante que o casal que procura auxílio na reprodução assistida receba atendimento em centros de atendimento personalizado, desde o momento do diagnóstico à escolha e acompanhamento do tratamento adequado.

Estimulação Ovárica

À semelhança da preparação para a IIU ou FIV uma das mulheres é submetida a estimulação ovárica. Segue-se a recolha dos óvulos e a fecundação com esperma de dador. Formados os embriões é analisado o seu desenvolvimento até ser feita a seleção e em seguida a transferência para o útero da mulher que irá tentar engravidar.

Recolha dos Óvulos

 

Tal como noutros tratamentos, os embriões excedentários são criopreservados para poderem ser utilizados numa futura tentativa, seja na mulher que tenta engravidar numa primeira vez, seja na parceira, caso seja esse o seu entendimento.