INSEMINAÇÃO INTRAUTERINA OU INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL (IA)

INSEMINAÇÃO INTRAUTERINA OU INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL (IA)

Procedimento

Antes de realizar o tratamento confirmamos a permeabilidade tubária e a qualidade espermática com mais de 3 milhões de espermatozoides progressivos após a capacitação. 

  • Estimulação ovárica controlada
  • O desenvolvimento de vários folículos é provocado pela estimulação com gonadotrofinas, monitorizada pelos níveis de estradiol e ecografia.
  • A estimulação é iniciada entre os dias 2 e 5 do ciclo, após descartar qualquer patologia funcional dos ovários.
  • A dose inicial de gonadotrofinas é geralmente de 75 a 100 UI / 24 horas.

Sémen próprio VS Sémen de dador

Podemos realizar este tipo de tratamentos com:

Sémen próprio

Casais com esterilidade de origem desconhecida.

Casais nos quais a mulher tem problemas de ovulação.

Em casos de alteração a nível do colo do útero.

Casais nos quais o homem apresenta defeitos leves ou moderados nos espermatozoides a nível de concentração ou mobilidade.

Sémen de dador

Casais de mulheres ou mulheres solteiras que recorrem a um dador anónimo.

Homens com má qualidade de sémen ou ausência de espermatozoides.

Homens portadores de uma doença genética que não pode ser detetada nos embriões.

Preparação do sêmen

A preparação do sémen na Inseminação Intrauterina consiste em selecionar e concentrar os espermatozoides com melhor mobilidade.

 

Para isso, processam-se as amostras através de técnicas de capacitação ou preparação de sémen que permite eliminar espermatozoides mortos, imóveis ou lentos e otimizar a qualidade da amostra utilizada para a inseminação.

 

Nesta fase de preparação do esperma é efetuada a descongelação da respetiva amostra.

 

No caso dos casais heterossexuais as amostras de sémen dos companheiros podem ser utilizadas a fresco ou com recurso à congelação.

 

No caso das mulheres solteiras, casais de mulheres e sempre que necessário no caso dos casais heterossexuais, recorre-se a espermatozoides de dador.

Quem são os dadores de esperma ?

Os dadores são jovens solidários e altruístas provenientes de banco de espermatozoides de instituições nacionais ou internacionais – Cryos® (https://dk.cryosinternational.com/)

 

Como são selecionados os dadores

 

No caso das mulheres solteiras e casais de mulheres o dador é selecionado previamente em função das características físicas e grupo de sangue da mulher recetora.

Preços

Inseminação Artificial 600 €

Ciclo de Fecundação In vitro (FIV) 3 850 €
  • Fecundação In vitro (FIV) 2 000 €
  • Criopreservação de Embriões 750 €
  • Transferência de Embriões 1 100 €

Ciclo Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) 4 850 €
  • Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) 3 000 €
  • Criopreservação de Embriões 750 €
  • Transferência de Embriões 1 100 €

ICSI genética 5 800 €
  • Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) 3 000 €
  • Criopreservação de Embriões 750 €
  • Transferência de Embriões 1 100 €
  • Diagnóstico genético pré-implantação (PGT-A) 450 €/ embrião
  • Biopsia do embrião 500 €

Ciclo ICSI Com Doação De Óvulos 7 850 €
  • Doação De Óvulos 3 000 €
  • Injeção Intracitoplasmática de Espermatozoides (ICSI) 3 000 €
  • Criopreservação de Embriões 750 €
  • Transferência de Embriões 1 100 €

Inseminação Intrauterina com Espermatozoides Doados 1 600 €
  • Inseminação Artificial 600 €
  • Espermatozoides Doados 1 000 €

Ciclo Para Criopreservação de Óvulos 2 000 €
EnglishPortugalSaudi ArabiaFrench